ideias

Ainda é cedo ou Nunca é tarde?

Ainda é cedo ou Nunca é tarde?

6 minutos Pouca gente sabe, mas há 15 anos passei um perrengue grande. Ao final de 2002, após 10 anos em João Pessoa decidimos, Márcia, filhos e eu, voltar a Maceió. Era quase Natal, dia 21 de dezembro, pegamos estrada para mais um período de moradia na capital alagoana. Foi um consenso, o país não estava numa boa fase, nós muito menos. Nível de stress alto em função da falta de grana e os projetos profissionais estarem patinando. Naquele sábado quente de dezembro, chegamos Continue lendo

A primeira vez que chorei

A primeira vez que chorei

3 minutos Na verdade, fui um menino bem chorão até os 11 anos. Qualquer coisa que me acontecia na rua ou na escola ia correndo para a barra da saia da D. Benélia, minha mãe protetora dos filhos oprimidos. Por isso, esse período sem pelos não é considerado. Nessa idade, fomos morar em Recife e estudar no Colégio Militar. Foram 6 anos entre o CMR e CMRJ, sediado no Rio. Lá aprendi que não se chora à toa, que nem tudo é para ir Continue lendo

Não é fácil!

Não é fácil!

1 minuto Festa junina, além das guloseimas de milho e das quadrilhas, traz os inevitáveis fogos. Sempre respeitei fogos e armas de fogo. Meu pai, que foi oficial de carreira do Exército, tinha uma ou duas armas. Eram super escondidas e nenhum dos filhos ousava sequer procura-las. Muito cedo aprendemos que não devíamos tentar brincar com isso, nem mesmo houve a prática de ganhar armas de brinquedos como presente. Com relação aos fogos de artifícios, quando ainda tinha 4 anos aconteceu um acidente com Continue lendo

Todo mundo quer ganhar sem dor

Todo mundo quer ganhar sem dor

1 minuto Você está de saco cheio de fazer o que sempre tem feito? Ano após ano, refém da mesma rotina. Saindo de casa no mesmo horário, seguindo pelas mesmas ruas, acenando para as mesmas pessoas, produzindo a mesma coisa para os mesmos clientes, de fato, não é fácil, nem prazeiroso. Mas, quem está próximo de se aposentar, no fundo, alimenta a esperança que tem dia para acabar. Será? Bem, tem duas saídas. A primeira, mais que óbvia, mas não mais fácil, é mudar Continue lendo

Quase lá?!

Quase lá?!

1 minuto O que você espera da maturidade? Muitos de nós, apesar de estarmos felizes com a proximidade dos 60 anos, ao ser questionado sobre idade, responde que tem 59. Friamente, só falta um ano para completar a sexta década, passaram-se 9. Mas, fazemos questão de contar somente os anos completados. Faz sentido? Hoje, completo 59 anos e estou mais do que próximo dos 60. Costumo responder que estou ficando sex… sexagenário. A reflexão sobre a temporalidade me faz refletir sobre o que já Continue lendo

Você segue a boiada?

Você segue a boiada?

1 minuto Esse questionamento do finado século 20 já tinha sido dissecado pelo filósofo americano Ralph Waldo Emerson no século anterior. Emerson, que entrou em Harvard com apenas 14 anos e se formou aos 19, escreveu no seu livro Ensaios que “é fácil viver no mundo conforme a opinião desse mundo”… difícil é ser o “grande homem que, no meio da multidão, conserva a independência da solidão”. Gostou, né? E o que está faltando pra você ser o que você é? Isso mesmo, na Continue lendo