Meditar é mais fácil do que parece.

Tempo de leitura: 2 minutos

Se você já pensou em meditar, mas desistiu, antes de tentar, concluindo que nunca conseguiria porque não tem essa capacidade, ou mesmo que é muita concentração e não tem tempo para isso, te convido a ler o texto completo.

Primeiro, para começar é preciso tentar. Comece com apenas um único minuto. Esqueça a posição de lótus se você não é contorcionista ou seu joelho não permite mais esforços demasiados. O importante é estar numa posição confortável, até mesmo deitado. Se bem que não aconselho, inicialmente, para não correr o risco de cair no sono. Sente numa cadeira, banco, com os pés descalços bem apoiados no chão ou tapete. A coluna ereta, mãos pousadas sobre as pernas. Pode até juntar os dedos polegar e central, mas não necessariamente. Olhos cerrados, mas músculos de todo corpo relaxados.

Segundo, respirar corretamente, ou seja, pelo diafragma. Calma, é fácil! Você já deve ter reparado que as crianças recém-nascidas respiram com a barriga, subindo e descendo. Pronto, vamos recuperar nosso modo de respirar mais primitivo. Inspire pelo nariz dilatando a barriga e expire pela boca contraindo a barriga. Entendeu? Perfeito!

Terceiro, meditar é um exercício como outro qualquer, necessita de frequência e método. O objetivo é focar no aqui e agora. E como faz isso? Bem simples e não adianta negar a natureza do nosso cérebro de querer interpretar o passado e tentar antever o futuro. Naturalmente, todos vamos divagar com nossos pensamentos, entrando por um assunto e saindo por outro. O exercício é se dar conta e se concentrar na respiração. “Mas não consigo…”, é assim mesmo. Ao divagar, sempre retorne sua atenção à respiração e, consequentemente, ao seu corpo. E, não se julgue mal, apenas constate e volte sua atenção ao exercício.

Quarto, é interessante que medite frequentemente. Se possível, no mesmo horário. Mas sem estresse, afinal o objetivo é relaxar e desenvolver o foco. Uma dica preciosa para não esquecer de praticar é ter ajuda de um aplicativo a ser instalado no seu smartphone. Existem vários nas plataformas Android e IOS. Eu uso o Insight Timer. Fácil de usar, tem timer para medir a passagem do tempo e diversas trilhas sonoras, assim como variadas meditações guiadas para objetivos diferentes. Nessa ferramenta você pode fazer amigos e acompanhar sua performance e estatísticas. Sim, o aplicativo também te notifica para lembrar da sua prática diária.

Quero dizer, também, que ontem completei 101 dias seguidos. Comecei há 1 ano e meio, praticando esporadicamente. Inicialmente com 1 minuto e, hoje, já com 25 minutos diários.

Vamos começar?